Metas Artísticas

by - março 18, 2016


Esse tema é de um projeto desenvolvido pela Ana Blue, uma ilustradora linda que gosto por demais da conta. Eu não faço parte das meninas do projeto, mas amei esse tema e como já estava com uma lista preparada sobre minhas metas artísticas aproveitei as duas coisas para compartilhar aqui.
Ultimamente tenho fugindo um pouco do foco no qual gosto de ilustrar, que são os seres misticos, fadas, e tenho voltado muito para retratar pessoas mais atuais e isso de fato é um pouco chato pois quero mesmo o irreal, o mistico, a fantasia. Então, até mesmo antes deu ler sobre esse tema no blog da Lidy Dutra, ja estava separado uma listinha e o post dela me fez se empolgar mais ainda para conseguir desenvolvê-los.

1 - Uma das minhas primeiras metas e voltar a pintar quadros. Acho que não pinto uma tela há anos e ultimamente tenho me visto com uma vontade enorme e voltar a usá-las, além de já possuir todo meu material, quero ver o quanto evolui (ou regredi) com as fantásticas telas e tintas.

2 - Treinar anatomia feminina e masculina. Só tenho desenhado rostos, e rostos femininos, preciso dar uma atenção maior nos corpos até porque estou com um projeto de fazer algumas ilustrações de sereias e preciso realmente me aprimorar no corpo humano, tanto feminino quando masculino.


3 - Cópias. Sim, copiar as vezes é bom para nos desafiar-nos, pelo menos comigo é assim, tenho estado com muita dificuldade para copiar um rosto, embora eu não goste da arte realista e da cópia do mundo real como a gente vê, eu não quero dizer  "eu não sei fazer igual", mas sim "não gosto de fazer igual". Há um tempo atrás eu tinha mais práticas para copiar, mas durante uma encomenda para um retrato do Michael Jackson percebi o quanto estava distante meu talento de copia, então precisa treinar sobre isso.


4 - Flores e animais. Como quero voltar para meu foco que são as criaturas misticas, nada como animais e flores para conjunto, até que tenho praticado algumas flores, mas nada que esteja bom o suficiente, quero poder fazer novas espécias, sair daquele padrão de flores na cabeça, afinal isso não está nem um pouco mistico e sim na modinha, o que está me incomodando muito. Estou com vontade de criar algo mais medonho, nem que seja uma flor saindo do olho de alguém. (risos)



5 - Paisagem. Quando eu pintava telas, fazia grandes paisagens, até senti flata delas e quando fui procurar só achei uma, de uma flor. (fiquei triste), até porque eram telas de quando eu tinha 14 anos. Voltando sobre as paisagens, preciso de fato treinar e muito, minhas ilustrações sempre ficam com aquele tom meio clean, minimalista e quero sair dele, quero dar vida as coisas e preciso muitíssimo aprimorar os detalhes.


Espero que tenham gostado das metas e possam acompanhar tudo nas redes sociais. Todas as imagens acima são de ilustrações antigas.


You May Also Like

0 comentários